26 de set de 2009

VERDADE OU ILUSÃO? A ESCOLHA É SUA!

Vejam este vídeo e decidam:

HO'OPONOPONO PARTE 2 - IDENTIDADE PRÓPRIA

Você é 100% Responsável

Agora chegamos ao que para muitos é controverso, em função da necessidade que o intelecto, o ego, sente de ter o aparente domínio sobre situações. De poder controlar, direcionar e obter resultados, a partir do planejamento de metas específicas. Aqui entramos na questão do mérito, ou não, do poder da mente, das afirmações, do pensamento positivo, e assim por diante. Este é o divisor das águas em relação à tradição original. A diferença entre o Ho’oponopono Huna e o Ho’oponopono da Identidade Própria.

Em uma entrevista ao Saul Maraney, da África do Sul, o Dr. Len fez estas

observações:

O Dr. Len afirma que limpar visando um resultado não funciona. Mas quando você limpa por limpar, você pode ser agradavelmente surpreendido pelo o que a Divindade escolher como resultado para você. Isso libera a Mente Consciente de ter que decidir o que deve ou não ser limpo.

Lembre-se que todas as memórias são compartilhadas, na medida em que fazemos o apelo ao Divino para limpar as memórias que se repetem em nós, recordações de eventos desagradáveis, de desavenças, conflitos, elas sendo neutralizadas em nós também são neutralizadas nos outros. Portanto a necessidade de consertar o próximo, de fazer alguém entender nosso ponto de vista, de convencer, justificar, convencer, converter, curar, são jogos mentais da Mente Consciente querendo controlar resultados.

Dr. Len: “Este é um dos maiores problemas de terapeutas, eles pensam que estão ali para salvar as pessoas quando na realidade estão ali para clarear a si próprios.”.

Com o Ho’oponopono estamos assumindo a responsabilidade pelas memórias em comum que compartilhamos com outras pessoas. O intelecto não tem a capacidade de assimilar e avaliar toda a informação que se apresenta em relação a qualquer problema, portanto não sabemos o que realmente está
acontecendo em momento algum.

Quando dizemos para a Divindade “Se há algo em mim acontecendo que estou vivenciando as pessoas de um determinado modo, eu quero liberar essas coisas”, ao se soltar essas coisas, mudamos nosso mundo interno, e isso em contrapartida faz com que o mundo inteiro mude.

Dr. Len: “Ser 100% responsável é uma estrada difícil de viajar, porque o intelecto é tão insistente. Quando um problema nos aparece, o intelecto sempre busca alguém ou alguma coisa para culpar. Nós continuamos
procurando lá fora (de nós) a origem dos nossos problemas. Não percebemos que a origem está sempre dentro de nós.”.

20 de set de 2009

HO'OPONOPONO - PARTE 1 Sistema Havaiano Secreto para Prosperidade, Saúde e Paz

Entenda o Processo Ho'oponopono



Ho’oponopono significa “corrigir um erro” ou “tornar certo” na língua original dos havaianos. Embora não muito conhecido no Brasil, o Ho’oponopono tradicional faz parte do sistema de cura Huna. É o nome que o empresário e pesquisador americano Max Freedom Long deu à sua versão do espiritualismo dos povos antigos do Havaí.  Foi desenvolvido pela Kahuna Morrnah Nalamaku Simeona que o ensinou ao Dr. Ihaleakala HewLen.

O Dr. Len diz que;
 “Somos todos Seres Divinos, mas a mente só pode servir um mestre de cada vez. Pode servir as memórias repetindo os problemas, ou pode servir a Divindade que são as Inspirações.”

“O intelecto tem esta escolha: pode funcionar comandado pelos problemas, ou pode funcionar comandado por Inspiração.”

Aqui entenderá por que o intelecto não dispõe dos recursos para resolver problemas, ele só pode manejá-los. E manejar não resolve problemas. Ao fazer o Ho’oponopono você pede a Deus, a Divindade, para limpar, purificar a origem destes problemas, que são as recordações, as memórias. Você assim neutraliza a energia que você associa à determinada pessoa, lugar ou coisa.
No processo esta energia é libertada e transmutada em pura luz pela Divindade. E dentro de você o espaço vagado é preenchido pela luz da Divindade. Então, no Ho’oponopono não há culpa, não é necessário reviver sofrimento, não importa saber o porquê do problema, de quem é a culpa, nem sua origem. No momento que você nota dentro de si algum incômodo em relação a uma pessoa, ou lugar, acontecimento ou coisa, inicie o processo de limpeza, peça a Deus:
Diga em voz alta ou mentalmente:

“Divindade limpe em mim o que está contribuindo para este problema.”

Ex: Uma vez escrevi um tópico no Orkut sobre a EFT e o seu processo de limpeza emocional , uma pessoa respondeu de forma agressiva e ameaçadora invalidando o Método da limpeza dizendo que isso era impossivel de acontecer e que era um absurdo eu escrever essas coisas e dar esperanças falsas as pessoas.

13 de set de 2009

A EFT E A ECOLOGIA EMOCIONAL

Você dá preferência aos produtos orgânicos? Vai ao supermercado com sua ecobag a tiracolo? Separa o lixo? Se a resposta é sim, parabéns. Mas se, por outro lado, costuma atrair gente que suga sua energia, tem amigos descartáveis e amores asfixiantes... Talvez seja o momento de rever suas relações pela ótica da ecologia emocional. Porque no mundo dos sentimentos os recursos também são limitados.

A EFT pode auxiliar a limpar todas essas emoções tóxicas que são mantidas pelas pessoas, de uma forma simples e rápida. A Ecologia Emocional vem nos provar o quanto podemos ser nocivos ao meio ambiente quando despejamos nosso lixo emocional nas relações e que isso afeta o planeta de uma forma assustadora.Todas as emoções que foram verificadas como Baixa autoestima, Agressividade ao falar, Tristeza, Stress são altamente nocivas, tóxicas e que fazem adoecer não só as relações como o corpo da pessoa que as estão canalizando. Liberte-se dessas toxinas emocionais faça EFT e contribua para um planeta mais saudável.

 Os 7 Princípios para  Prevenir as Relações Tóxicas. Acesse o link para ver:
http://revistamarieclaire.globo.com/Marieclaire/0,6993,EML1690713-1740-6,00.html

Você está canalizando alguma relação Tóxica? Faça o Teste para saber :
http://editora.globo.com/pesquisas/quiz_marieclaire_211008.htm

RELAÇÃO TÓXICA: aquela que sufoca, anula ou não permite que as pessoas cresçam ou sejam elas mesmas. Parceria emocionalmente ecológica: aquela baseada em autonomia e independência, vinculada por amor e respeito. São esses os princípios da ecologia emocional, um novo conceito terapêutico para denominar a arte de transformar positivamente as emoções. Ou, nas palavras da dupla, 'canalizar a energia de cada emoção para melhorar nossa relação com as pessoas e com o mundo'. Para isso, os terapeutas estabeleceram um paralelo entre as angústias atuais e os problemas ecológicos. 'Estamos realizando uma má gestão do nosso mundo emocional, como fazemos com os recursos da natureza

Links para Baixar Livros

A LINGUAGEM DOS DEUSES:
http://www.4shared.com/file/29228593/3afb3247/A_LINGUAGEM_DOS_DEUSES_-_Antnio_Farjani.html

A ARTE DA GUERRA:
http://www.4shared.com/file/29226780/59b2f1e1/A_ARTE_DA_GUERRA_-_Sun_Tzu.html

AS CINCO LINGUAGENS DO AMOR:
http://www.4shared.com/file/29233211/f3026157/AS_CINCO_LIGUAGENS_DO_AMOR_-_Gary_Chapman.html

A OBRA MAGNA- O DESPERTAR DA CONSCIENCIA:
http://www.4shared.com/file/29230925/c1a2b682/A_OBRA_MAGNA__ATUALIZADA__-_O_DESPERTAR_DA_CONSCIENCIA_-_V_M_Uriel.html

A CARICIA ESSENCIAL:
http://www.4shared.com/file/29226912/6ce0068e/A_CARCIA_ESSENCIAL_-_Roberto_Shinyashiki.html

12 de set de 2009

A EFT e a Baixa Autoestima - Por André Lima

O que é ter Autoestima Baixa


Primeiro gostaria de explicar o termo “autoestima” conforme a língua portuguesa. Não sou profissional na matéria, mas gostaria de esclarecer um ponto. Muitas pessoas usam o termo “baixa estima” – fulano tem “baixa estima” eu tenho “baixa estima” – quando na verdade querem dizer “baixa autoestima” que é o contrario de “boa autoestima” ou “autoestima alta”.
Vamos analisar primeiro o termo “autoestima”. “Autoestima” significa a estima, a consideração que a pessoa tem de si próprio. O termo “auto” tem o mesmo sentido que na palavra na palavra autoconhecimento - o conhecimento que a pessoa tem de si mesmo. O mesmo vale para autocontrole (controle de si mesmo), autoconfiança (confiança em si mesmo) e etc...
Observe que “Auto” é diferente de “Alto” – este ultimo é o contrário de baixo. Então se, você que dizer que alguém não tem autoconfiança, você pode falar “fulano tem uma autoconfiança baixa ou pequena, ou uma baixa autoconfiança (soa estranho assim?). Se você quer dizer que alguém tem muita autoconfiança, você pode dizer que fulano tem uma autoconfiança alta.
Somos afetados constantemente por interferências externas. Quanto mais baixa for a nossa autoestima, mais seremos afetados.
O que seriam essas interferências? São coisas que acontecem independente da nossa vontade, muitas vezes provocadas por terceiros: Críticas, frustrações, erros, fracassos, rejeição, mágoa, culpa e etc...