23 de mai de 2011

Palestra On-line - Alinhamento Vibracional e a Ativação da Nova Consciência - Data: 8/06 de 20:00 as 21:30hs


  • Se você desconfia que existe algo além dessa realidade que mostram pra você
  • Se você esta cansado de ter que agir, pensar, falar, se comportar, da forma como a sociedade impõe
  • Se você não aguenta mais a manipulação da mídia e das pessoas.
  • Se você esta cansado de tentar, tentar e não consegue alcançar seus objetivos..
  • Se você já ficou falando frases positivas dias e horas e nada aconteceu
  • Se você quer entender porque os outros prosperam e você não
  • Se você se pergunta: quem sou EU? e o que EU vim fazer aqui? E não tem resposta
  • Se você acredita em um futuro brilhante para você e para a humanidade
  • Se você quer se libertar de comportamentos que te restringe e te faz infeliz
  • Se você quer saber quem você realmente é
  • Se você quer assumir o deliberadamente o controle de seus pensamentos
  • Se você quer ser o arquiteto de sua vida
  • Se você quer fazer a diferença no mundo
Então esta Palestra é para você!
Alinhamento Vibracional e a Ativação da Nova Consciencia
Diretamente do Skype(on-line)
Me adicione: simone_eft

Investimento: R$30,00
Forma de pgto: depósito bancário
Inscrições Abertas: simoneshiatsu@hotmail.com

10 de mai de 2011

Você cria a sua Realidade




Nossas crenças positivas ou negativas têm impacto não apenas sobre a nossa saúde como também sobre os outros aspectos de nossa vida. Suas crenças agem como filtros de câmera. E sua biologia se adapta a elas. Quando reconhecemos o poder de nossas crenças descobrimos a chave da liberdade. Não podemos modificar nossos códigos de programação genética, mas podemos modificar nossa mente. 

Minha opinião é que você pode escolher aquilo que você quer ver. Pode alegrar seu corpo com crenças positivas e úteis que ajuda a sua mente e corpo crescerem ou ter crenças negativas ou obstrutivas que deixam seu corpo e mente suscetíveis a doenças. Você pode escolher com medo ou com amor. Quem escolhe o amor vive com mais saúde mas quem escolhe o medo tem muito mais problemas, pois se isola fisiologicamente tentando se proteger. 
Aprender a mudar a sua mente para crescer e se desenvolver é o segredo da vida. Na verdade, o segredo da vida não é segredo algum. Mestres como Buda e Jesus já diziam isso séculos atrás. Agora a ciência esta caminhando na mesma direção. Não são nosso genes, mas sim nossas crenças que controlam nossa vida... oh homens de pouca fé! 

Adaptação do livro: A Biologia da Crença
Autor: Bruce H. Lipton 
  • Suas crenças se tornam seus pensamentos. 
  • Seus pensamentos se tornam suas palavras. 
  • Suas palavras se tornam suas ações. 
  • Suas ações se tornam hábitos seus hábitos se tornam seus valores. 
  • Seus valores se tornam seu destino. (Gandhi) 
MUDE SUAS CRENÇAS! MUDE SEU DESTINO! FAÇA ALINHAMENTO VIBRACIONAL!
Marque sua SESSÃO ONLINE: simoneshiatsu@hotmail.com
Saiba mais Informações sobre Sessões online acesse: http://eftbrasil.blogspot.com/2011/02/sessoes-de-eft-e-alinhamento.html

8 de mai de 2011

SER POSSÍVEL É DIFERENTE DE SER FÁCIL

Muitas vezes uma pessoa pode ser desiludida com feedback de um profissional ligado à área de cura em relação a sua condição de saúde e sobre seu processo de recuperação, sendo taxado, por exemplo, de doente terminal ou possuir "uma doença sem cura".
Qualquer profissional que tenha um mínimo de percepção espiritual, de fé na criação superior, não dirá algo desse tipo a alguém, preferindo adotar algo na linha do "eu não conheço uma técnica para o seu caso", "a ciência na qual me formei e domino, ainda não nos mostra um caminho para poder seguir com seu processo clínico", "eu não tenho nenhuma experiência bem sucedida com casos iguais ao seu"... 
Por um outro lado, nas áreas de terapias complementares e assistências espirituais, é muito comum ver atitudes opostas, que oferecem as chamadas "curas milagrosas". Erro tão grave quanto o anterior.
Muita coisa realmente impressionante acontece na área de cura, milhares são os casos de resgate da saúde em processos para os quais a ciência ainda não tem explicação.
Entretanto, algo é muito claro: pode até haver "milagre" nessa área, mas não há "mágica". De alguma forma, a pessoa irá passar por um processo, via de regra, proporcionalmente tão desconfortável e doloroso quanto for o tamanho do obstáculo que sua doença representa, envolvendo sempre algo justamente que, inconscientemente, a pessoa evitava com todas as forças passar...
Pode ser que o processo seja possível, o que é diferente de ser fácil. Mas há também uma boa coisa em relação a isso: não ser fácil, também não implica diretamente em ser difícil. Ser possível/impossível, fácil ou difícil, penoso, prazeroso ou indiferente, são apenas reflexos dos estados de crenças de quem irá passar (ou recuar) ao processo / caminho a ser percorrido, isso tanto para processos de cura quanto para quaisquer outras experiências de vida que nos estejam disponíveis.

O Anjo da Dor


Se dor é inevitável, o sofrimento é opcional, faz parte do livre arbítrio. A dor não é um sentimento em si. É o que não somos. É intransferível. Daí, um pai ou uma mãe desesperados não poderem transferir para si próprios a dor que eventualmente vêem em seus filhos. Já os sentimentos são passíveis de serem absorvidos pelo outro e até pelo outro metabolizados (em casos especiais de a pessoa possuir esse poder, muito comum aos xamãs e curadores ou ainda a qualquer pessoa que seja profundamente envolvida com a outra pessoa em questão).
O sofrimento gosta de chamar a atenção, atrair piedade, compaixão e energia alheias. A dor pode ser silenciosa, manifesta ou até mesmo escandalosa. Entretanto, a dor indica, ensina e liberta. É extremamente importante resgatar, re-aprender, o valor de passar mal. Só passamos mal quando algo que estava estagnado, morto, dentro de nós é reativado. Aquilo começa a vibrar, e, então, vem a turbulência e o mal passa. Passa mal. Passe mal. Não deixe que o que ficou mal permaneça instalado dentro de você. Só tem o poder de passar mal aquilo que está vivo, que quer clamar pela vida, recuperá-la, para depois sentir-se novamente aliviado, vital.
O medo de passar mal, de sentir a dor, é paralisante, traz consigo o sofrimento, o congelamento e a incapacidade.
O anjo da dor é o único que não se enfada de nós, jamais. Tem a capacidade de nos acompanhar por toda a eternidade, se preciso for.
Vale enfatizar neste ponto que, como espíritos que são, as pessoas só entendem, percebem, ouvem e sentem o que querem em seu íntimo. Por mais que uma mensagem possa ser clara, o receptor pode deturpá-la totalmente de modo que seja conveniente a seus anseios. Conectar a dor conscientemente não implica em buscá-la viciosamente, tomar gosto por tê-la como sentimento padrão, muito pelo contrário, redunda em resgatá-la internamente, trazendo-a à luz da consciência, de modo que dores desnecessárias voltem a ocorrer sempre, pois muito pior do que aprender com os próprios erros é não aprender com eles.
Texto extraido do blog: vivenciaecura

As Fases no Processo de Cura

Em "Luz Emergente", Barbara Brennan, cita sete estágios da cura:
Negação, Revolta, Negociação, Depressão, Aceitação, Renascimento, Criação de uma nova vida.
A evolução do processo de cura trata-se de um caminho não linear e não progressivo, o que muitas vezes gera muitas desilusões em se ter começado a percorrer esse caminho, desânimo e até desistência. Este é um desdobramento especialmente ligado às fases de revolta e depressão. Há um paralelo muito interessante a esse respeito que é muito bem abordado em Matrix I, onde o personagem Cyber representa aquele que viu a verdade, despertou para a realidade, mas prefere a ilusão e a mentira (veja esta passagem na análise do filme).
Um processo de cura real envolve todo o nosso ser, com desdobramentos sobre nossas necessidades emocionais, físicas, mentais e espirituais, muitas vezes demandando processos longos e complicados, como troca de emprego (ou até de profissão), mudança de endereço, estabelecimento de novos ou desfecho de antigos relacionamentos, dentre tantos outros processos. Uma cura real também sempre denotará uma mudança em um correspondente físico, trazendo maior conforto e prazer em viver a realidade material.

Crises de Cura
As crises de cura são reações comuns após os trabalhos de cura. Podem constituir-se do agravamento temporário de algumas percepções e estados, gerando efeitos como alteração de sono, resfriados, diarréias ou quaisquer estados de excreção ou introspecção diferenciados. A pessoa deve estar atenta para entender as mensagens intrínsecas que essas ocorrências trazem.
Especialmente nos trabalhos envolvendo liberação emocional intensa essas crises são muito comuns. 

Responsabilidade Pessoal
A responsabilidade pessoal por si própria é um dos maiores canais de cura. Entretanto, este é um caminho que se trilha lentamente, ancorando progressivamente consciência e responsabilidade sobre tudo o que possa nos acontecer.
Toda manifestação de nosso ser possui um correspondente em cada um de nossos corpos. Assim, em relação a nossas doenças, é muito interessante procurarmos entender os correspondentes psicológicos,emocionais, espirituais e físicos que nos levaram àquela situação.
Vale ressaltar que a questão deve ser focada sob a ótica da responsabilidade e não da culpa (que são polaridades do mesmo sentimento...), tanto por parte de quem passa por qualquer sofrimento quanto por quem se apresenta apenas como parte externa do processo. Claro que uma criatura não sofre por opção consciente (a razão é limitada para isso, o espírito e o plano causal não...). Para quem toma parte como expectador do sofrimento de um outro ser qualquer não cabe julgamento algum. A compaixão deve ser a atitude do observador, manifestada dentro do maior grau de alcance que sua consciência puder atingir. 
Há uma abordagem muito interessante complementar a este conteúdo no texto O propósito dos grupos de terapia do Osho. Vale à pena conferir.

Trabalho Pessoal
Muitas vezes, o que ocorre em clínica ou em vivências em cura é maravilhoso, até espantoso. Entretanto, o mais importante é que a pessoa possa consolidar o que se alcançou, resgatar voluntária e permanentemente qualquer eventual sensação que tenha se evidenciado a sua memória em uma vivência de cura. Por exemplo: às vezes, determinada pessoa vive a tantos anos com medo, ansiedade, uma determinada dor específica ou qualquer outro sentimento desagradável e dominante, que nem sabe mais ou nem tem mais a noção de como é o estado de não ter aquilo incorporado a sua auto-percepção. Durante um trabalho de cura, ela pode sentir-se (seguindo a seqüência de exemplos acima...) confiante, serena, leve e fluída... Este estado pode não ser a cura em si, mas pode perfeitamente servir de parâmetro para que sua lembrança de seu real estado de saúde seja resgatado, abrindo um portal para que, no dia-a-dia, ela possa trabalhar para si própria, com o intuito de resgatar e incorporar o benefício alcançado.
O trabalho pessoal é fundamental para a consolidação e continuidade dos benefícios alcançados dentro de trabalhos de cura. Os principais pontos são:
  • Estudo / reflexão de temas ligados a terapia, cura, espiritualidade e evolução pessoal 
  • Realização de exercícios/análise do acesso ao inconsciente, 
  • Expansão de consciência - acessar propostas práticas de como entender e vivenciar a expansão de consciência. 
  • Atividade física regular e não competitiva 
  • Alimentação saudável e equilibrada 
  • Sono adequado a suas necessidades pessoais (reparador e energizador), em tempo e qualidade 
Velocidade das Mudanças
As mudanças no sentido da cura tendem a ser mais lentas e envolvendo processos mais demorados nas primeiras vezes em que ocorre com o indivíduo, especialmente sob sua vivência/entendimento como sendo um processo integral e completo. A medida que a pessoa vai interiorizando o conhecimento além da razão, especialmente os conhecimentos físicos e emocionais do seu estado de cura, de saúde plena, os processos de mudança vão ficando mais rápidos, podendo em alguns casos pontuais se manifestarem instantânea e definitivamente.
A memória independe da vontade própria, é automática e está diretamente ligada e influenciada pela qualidade emocional presente durante o momento de ocorrência e gravação de seus conteúdos. Dessa forma, uma sensação constante, por exemplo, de fracasso não será passível de ser esquecida facilmente pela pessoa. Entretanto, sua memória emocional de fracasso poderá ser re-editada por experiências recorrentes de sucesso e êxito, proporcionalmente tão importantes quanto a experiência que gerou ou as experiências que geraram o sentimento anterior de fracasso e perspectiva de que tudo o que venha a ser realizado "não levará a nada".
Para integrar as mudanças em nosso corpo físico, sinal de que se tornaram efetivas e, se for o caso, definitivas, também há um "delay". Nosso corpo físico renova-se em nível atômico numa média de 98% a cada ano; celularmente temos uma renovação praticamente completa a cada 7 anos. Quer dizer: pensar ou sentir diferente já é um bom começo, mas ainda há um tempo para que a pessoa como um todo possa ser transformada por um "novo metabolismo"...

Dimensões da Mudança
Ainda sobre mudanças, é bastante importante ater-se à consciência de três dimensões de sua manifestação:
  1. Mudar a si;
  2. Mudar o ambiente;
  3. Mudar de ambiente.
Freqüência de tratamentos
Muitos profissionais estabelecem uma freqüência prévia para a periodicidade dos tratamentos que aplicam, com números de sessões e intervalos pré-definidos. É fato que essa fórmula tem sucesso para muitos casos e muitas pessoas.
Entretanto, tanto a longo prazo quanto para aplicações pontuais, o mais importante é que a própria pessoa que busca a terapia perceba, compreenda e assuma a responsabilidade pessoal de definir para si própria a freqüência e os períodos de suas próprias necessidades de buscar a cura e ajuda. Como descrito no item "Velocidade das Mudanças", muitos processos exigem muito mais do que apenas encaminhamentos realizados no ambiente clínico.
A freqüência de tratamentos também depende da reação da pessoa após cada sessão, da sua abertura, resistência e capacidade para integrar o que foi trabalhado, além da confluência imprevisível da força dos fatos e dos acontecimentos externos.
Não ter segurança na proposta de trabalho do profissional que eventualmente o esteja orientando sobre este assunto pode ser um sinal vermelho contra uma força que pode estar mais preocupada em tirar benefícios para si própria do que fazer uma troca justa com você. Ligue a sua intuição. Esteja atento.

Estados de Alerta / Estados de tensão
O estado de alerta faz parte de nossa consciência astral, contendo a própria manifestação pura de nossa intuição. Ao expandir nossa consciência, temos o benefício de ir agregando mais ações, percepções e dinamismo psíquico ao nosso estado de alerta. Por exemplo: podemos agregar ao nosso estado de alerta a percepção consciente de nossa respiração, das nossas alterações emocionais, dos nossos padrões de defesas de personalidade, nossa consciência espiritual e por aí vai. Quanto mais caminhamos em nossa própria busca pessoal, em nossa evolução, maior será o prazer de termos mais percepções agregadas simultaneamente ao nosso estado de alerta, às coisas às quais estamos conscientemente ligados, independente das demais tarefas que estejamos desempenhando. É algo que agregamos à ação consciente do nosso espírito (veja no texto sobre a percepção do tempo, como o corpo espiritual percebe o tempo...), é um ensaio rumo à onisciência que naturalmente está em nossas buscas mais profundas.

O Processo da Cura - Voltar a si mesmo


O processo de cura é um movimento constante da vida e do universo. Estar consciente dentro desse processo nos faz multiplicar a alegria de viver e entender o seu sentido, resgatando a saúde perfeita e a longevidade que fazem parte de nós, mas das quais muitas vezes nos esquecemos.

Voltar a Si Mesmo
Terapia pode ser considerada um retorno ao eu, uma “Volta ao lar”. Barbara Brennan diz "A doença começa quando começamos a nos esquecer de quem somos"...
Quando crianças, estamos totalmente integrados com a consciência cósmica, porém inconscientemente. Cabe a cada um de nós resgatar esta integração, agora, de uma forma consciente.
Ao sentirmos a manifestação real da cura em nós, não temos a menor dúvida de que sua manifestação é real, verdadeira. A sensação é exatamente a de estarmos resgatando o que já somos e sempre esteve dentro de nós, embora não o alcançássemos.
Entretanto, e infelizmente, o estado de cura real e completo é pouco comum sem o auxilio de técnicas que possibilitem a comunicação com o seu verdadeiro afim de reescrever a sua matriz, cancelando crenças limitadoras que nos afastam do nosso Self e do nosso verdadeiro poder de auto-cura. Quando manifestando a cura integral, nos sentimos realmente completos, sem a necessidade de artifícios de comportamento, de substâncias, de atos ou de relacionamentos para estarmos plenos.

Autoconhecimento
Autoconhecimento é uma palavra chave dentro do processo de volta a si mesmo.
A este respeito, segue abaixo a transcrição do trecho final do vídeo Meditação e Projeção Astral:
Durante a gestação, a consciência viaja freqüentemente para a fonte de tudo o que é; até os sete anos, temos consciência de nossa ligação com a fonte; dos sete anos aos quatorze, a mente adquire sua própria forma; o intelecto é formado dos quatorze aos vinte e um anos; dos vinte e um aos vinte e oito anos experienciamos a combinação do corpo, mente e intelecto; dos vinte e oito anos em diante, a vida depende do autoconhecimento.
Se a pessoa não tem conhecimento do self, sua consciência fica entre o corpo e a mente. Por causa disso, a miséria começa. Ele pode não compreender as situações; as coisas começam a ficar mais críticas para ela; ela se move aceitando a rigidez; a rigidez tranca o fluxo da energia cósmica; dentro disso, ela sofre doenças, estresse e tensões; ela passa seus dias sem consciência; não pode entender o propósito real de sua vida; ela passa dos dias da infância para a juventude e depois para a velhice e finalmente passa daqui para fora do plano terrestre sem ter completado o propósito de ter vindo ao planeta Terra; Isto é o que chamamos de morte; mesmo depois da morte, a camada da mente rígida, com a não compreensão não permite que a consciência alcance a fonte. Por causa da compreensão errada fomentada por crenças limitadoras adquiridas durante a vida e principalmente na primeira fase ( 0 a 7 anos) a pessoa cria seu próprio inferno e céu e permanece como um ser do baixo astral;
Para transformarmos essa vibração baixa para uma de alta frequencia, deve-se investigar quais as crenças que estão promovendo a desconexão com a Fonte, afim de cancela-las e com isso resgatar a sua conexão com a Fonte. Esse é o verdadeiro "Resgate"
Se a pessoa  vive a vida estando com o self, sempre estará em paz em todas as situações dadas. Mesmo depois da morte ela não vai estar nas freqüências mais baixas e vai novamente para a fonte.
Pela obtenção de elevado conhecimento, a pessoa terá perfeita compreensão do corpo, mente, intelecto, self e força da vida. Ela compreenderá que a consciência é uma combinação de energia e conhecimento.
A consciência vem para este plano para ganhar mais energia e conhecimento e para criar.
Por viver todo o tempo com esse entendimento a pessoa começa a ter entendimentos mais elevados sobre a existência de toda a criação.

Alinhamento entre os 4 corpos
Alinhar nossos 4 corpos inferiores (emocional, físico, mental e espiritual) é uma forma segura e eficiente de promoção da cura. Estar presente e ciente do que nos acontece nos trabalhos de cura, nos abre a possibilidade de resgatar esse estado em nosso dia-a-dia. Alinhar nossos 4 corpos tem tudo haver com a percepção do tempo.

Integração do Inconsciente
"Para diferenciar o eu do não-eu é indispensável que o homem - na função de eu - se conserve em terra firme, isto é, cumpra seu dever em relação à vida e, em todos os sentidos, manifeste sua vitalidade como membro ativo da sociedade humana" - Jung.
Sob uma forma simples, poderíamos dizer que inconsciente é tudo aquilo que está fora da percepção captada direta e racionalmente. O processo terapêutico, em sua evolução, tende a abrir caminho para que a pessoa possa integrar a manifestação de seu inconsciente, tanto a nível pessoal quanto coletivo. Como parte do sistema de equilíbrio psíquico, a manifestação do nosso inconsciente é simplesmente um fato, uma característica do nosso estado de ser. Quanto mais reprimida estiver sua integração ao eu, mais o inconsciente se manifestará sob formas cada vez mais "densas", aparecendo evolutivamente como: pensamentos dominantes, fixos; incômodos emocionais e/ou físicos; atos falhos; padrões de comportamento e ação auto-destrutivos; doenças físicas; encontros e acontecimentos não desejáveis; acidentes; morte prematura (não necessariamente nessa ordem ou se limitando apenas a esses itens).
Aceitar que a vida é composta não somente de racionalidade é um bom passo para abrir-se para o processo de integração do inconsciente. Conhecer, assimilar, aceitar e respeitar as mensagens do corpo e seus inúmeros mapas reflexológicos bem como dos nossos sistemas energéticos é forte instrumento para busca e ancoragem de cura. Uma parte mais prazerosa é sua integração pela interação com os sonhos, o despertar da intuição, uma vida atenta ao sutil sem perder o foco do equilíbrio, o caminho do meio.
Citando novamente Jung (um expoente máximo deste assunto), não há dentro de uma avaliação objetiva, racional, meios confiáveis de fazermos uma análise adequada de nós mesmos.
Só o inconsciente, por estar livre de nossas ações reflexas racionais, pode nos dar um feed back cristalino a nosso próprio respeito.

Conheça e interaja com seu inconsciente:
  • Faça a interação / análise de seus sonhos;
  • Conheça seu corpo emocional com suas tensões e sua influência nos relacionamentos;
  • Saiba o(s) significado(s) causais ligado(s) a manifestação das (suas) doenças;
  • Entenda, estude e vivencie a questão dos mitos e arquétipos;
  • Entenda, estude e vivencie os estados alterados de percepção e consciência (um bom canal inicial para a parte prática desta questão encontra-se nas vivências místicas).
  • Alinhe Vibracionalmente seu Ser às suas crenças
Expansão de Consciência
Nossa consciência expande-se proporcionalmente ao alcance da nossa autopercepção e limitada por nossa capacidade em aceitar e integrar a responsabilidade por todos os acontecimentos de nossa própria vida.
A evolução é o sentido da vida. Expandir a consciência é integrar evolução em nossa jornada.

O MÉTODO ALINHAMENTO VIBRACIONAL PROMOVE ATRAVÉS DE TODAS ESSAS ETAPAS A CURA  EM TODOS OS NÍVEIS E POR ISSO É O UM DOS MAIS EFICAZES MÉTODOS DE ELIMINAÇÃO DE CRENÇAS E CONEXÃO COM SEU EU SUPERIOR, QUE EXISTE ATUALMENTE.

Faça sessões on-line de Alinhamento Vibracional e vivencie a cura real.
simoneshiatsu@hotmail.com
clique aqui para saber: O que é Alinhamento Vibracional?

4 de mai de 2011

Técnicas perfeitas para este momento da história Alinhamento Vibracional (Ask and Receive e EFT)


Parece que este é o momento perfeito para essa técnica ter surgido. Este é um momento da história, em que precisamos de abordagens muito fortes e rápidas para mudar nossas crenças limitantes. E é exatamente isso que esta técnica faz. Grandes mudanças estão acontecendo em nossa consciência global neste momento da história. Nós estamos diante de desafios enormes e com isso estamos tendo grandes oportunidades. Nós podemos efetuar mudanças realmente positivas agora. Esta é uma técnica nova que eu considero de grande importância para esse propósito. Eu tenho usado Ask and Receive há quase um ano. Eu tenho utilizado em combinação com a EFT de tal forma que isso me permitiu realizar coisas em meu trabalho que eu nunca pude realizar antes. Eu estou particularmente entusiasmada com o método que alia estas duas técnicas porque ele me permitiu ficar livre de várias de minhas crenças limitantes que não conseguia eliminar por completo usando somente a EFT. Algumas dessas crenças limitantes estiveram comigo quase a minha vida inteira. Por exemplo,meu pai, que era um advogado e muito exigente, costumava dizer para nós: Se alguma coisa merece ser feita, merece ser feita com perfeição. Eu aceitei isso como se fosse uma verdade eterna, como você faz com seus pais. Deixou uma impressão indelével em mim. Obviamente, hoje eu não acredito nisso intelectualmente, mas apesar disso, por muitos anos,essa crença me impediu de conseguir que várias coisas fossem feitas em meu trabalho diário com facilidade e rapidez. Se você tem que estar seguro de que tudo está perfeito, seja qual for seu significado, e nós certamente não temos essa certeza, você desperdiça muito tempo verificando e conferindo para ver se aquilo que você fez está perfeito. É um grande empecilho. Quando eu usei Ask and Receive, junto com EFT, eu superei isso. A crença perdeu completamente seu poder sobre mim. Agora eu acho bem mais fácil fazer as coisas quase brincando. Meu trabalho anda bem mais rápido e com muito menos esforço. Eu acho que hoje consigo fazer mais do que o dobro num determinado tempo, sem me sentir estressada. Isso é surpreendente para mim.
Patricia Carrington, Ph.D., criadora do Método das Escolhas na EFT e divulgadora da técnica Ask and Receive

Faça sessões on-line de ALINHAMENTO VIBRACIONAL clicando no link: http://eftbrasil.blogspot.com/2011/02/sessoes-de-eft-e-alinhamento.html