28 de abr de 2010

Série Os 4 Pilares da Autoestima e a EFT


POSTAREI UMA SÉRIE DE 3 ARTIGOS  SOBRE OS PILARES DA AUTOESTIMA E A EFT

Os dois primeiros pilares: tornar-se Consciente de Sua Partes
 Positivas e Auto-aceitação representam a
dimensão intrapessoal da autoestima, os dois outros sua dimensão interpessoal. O tratamento consite em eliminar as crenças negativas que impedem a pessoa de realizar cada um desses passos dos diferentes pilares. Mas antes de se começar o trabalho no primeiro pilar há um trabalho preparatório dedicado à formação do amor-próprio ou cuidado consigo mesmo, que se desenvolve em três passos: tornar-se atento e consciente das próprias emoções, sentimentos, sensações, necessidades corporais e psíquicas, relacionar-se respeitosa e amorosamente consigo mesmo e cuidar de si. Os exercícios incluem técnicas de relaxamento, técnicas para lidar com o crítico interno (EFT) e de se tornar consciênte das partes positivas de si.

Primeiro Pilar - Autoaceitação: uma postura positiva com relação a si mesmo como pessoa. Inclui elementos como estar satisfeito e de acordo consigo mesmo, respeito a si próprio, ser "um consigo mesmo" e se sentir em casa no próprio corpo;
Segundo Pilar - Autoconfiança: uma postura positiva com relação às próprias capacidades e desempenho. Inclui as convicções de saber e conseguir fazer alguma coisa, de fazê-lo bem, de conseguir alcançar alguma coisa, de suportar as dificuldades e de poder prescindir de algo;

Terceiro Pilar - Competência social: é a experiência de ser capaz de fazer contatos. Inclui saber lidar com outras pessoas, sentir-se capaz de lidar com situações difíceis, ter reações flexíveis, conseguir sentir a ressonância social dos próprios atos, saber regular a distância-proximidade com outras pessoas;

Quarto Pilar - Rede social: estar ligado em uma rede de relacionamentos positivos. Inclui uma relação satisfatória com o parceiro e com a família, ter amigos, poder contar com eles e estar à disposição deles, ser importante para outras pessoas.

Proximo Artigo - Auto-aceitação

Nenhum comentário:

Postar um comentário